PAINEL / MANIFESTO DE GREVE

Servidores deflagram greve geral!

Contra as mentiras dos deputados e pela reforma do PCCV, greve começará no dia 12 de abril.

01/04/2016
Sindsalem

O Brasil passa por uma grave crise de caráter moral, político e econômico, mas os 42 deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema) fingem desconhecer tudo isso.

BONS DE ‘GOGÓ’...
Em seus discursos, fazem críticas pesadas às práticas de nepotismo, corrupção, falta de transparência, contratação de funcionários fantasmas e ao excessivo gasto em outros Poderes país a fora. No entanto, tais discursos só servem para fazer média com o público no rádio e na TV.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA
Na prática, são discursos vazios, pois tudo o que criticam é o que praticam na direção administrativa da “Casa do Povo”. Para começar, os deputados escondem da população as suas polpudas verbas indenizatórias e outros dados, que deveriam constar no Portal da Transparência da Alema, mas não são disponibilizados.

NEPOTISMO E FANTASMAS
Além disso, a prática de nepotismo direto e cruzado na Casa é uma realidade, bem como a contratação de funcionários fantasmas, fato comum que, na visão do Sindsalem, é uma forma deslavada de corrupção, já denunciada, inclusive, em mesa de negociação.

‘CABIDÃO’ DE EMPREGO
Sem falar que, hoje, dos mais de 2.000 servidores da Alema, apenas 511 são do quadro normal de carreira e, destes, apenas 100 são concursados. Para piorar, cada um dos 42 deputados tem direito a colocar em seu gabinete 19 servidores, sendo que desses, 10 podem receber salários que ultrapassam R$ 14 mil por mês. Vale ressaltar, ainda, que o número de servidores por deputado pode aumentar, se o parlamentar for nomeado para cargo da Mesa Diretora.

CASA DA MÃE JOANA?
Outra irregularidade muito comum praticada pelos deputados é a criação, sem base legal, de cargos, assim como a constante promoção de servidores comissionados, a exemplo do que ocorreu na terça-feira, 22 de março de 2016, conforme consta no Diário Oficial da Alema de número 39.

CHEGA! AGORA É GREVE
Enquanto isso, os 511 servidores de carreira esperam, há cinco anos, a reforma do seu Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, o PCCV. É contra as mentiras dos deputados e, também, por descumprirem o segundo acordo assinado por eles para aprovar a reforma do PCCV, que os servidores vão às ruas nesta sexta-feira (01/04) e decretam GREVE GERAL a partir do dia 12 de abril!

Vamos à luta, servidor(a)!

‪#‎PelaReformaDoPCCV‬
‪#‎ContraAsMentirasDosDeputados‬
‪#‎AgoraÉGreveGeral‬

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

MAI/2017

Jornal Sindsalem - Ano 3 - Nº 21
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 99969-8710 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.