PLANTÃO / ATAQUES AOS TRABALHADORES

Sindsalem na luta pela revogação das medidas provisórias 664 e 665

09/03/2015
Sindsalem

O Sindsalem cobra a imediata revogação das medidas provisórias (MPs) 664 e 665 editadas pela presidente Dilma Rousseff no dia 30 de dezembro.

Como se já não bastasse o corte de R$22,8 bilhões nas áreas sociais, o Governo Federal, por meio das MPs 664 e 665, decidiu atacar os direitos dos trabalhadores à pensão, abono salarial, seguro-desemprego, auxílio-doença, PIS, dentre outros.

Tudo isso para honrar suas dívidas com os bancos. Para se ter uma ideia, antes da edição das MPs, para obter o seguro desemprego, a carência era de seis meses de trabalho.

Agora, a carência passou para 18 meses na primeira solicitação; 12 meses na segunda e seis meses a partir da terceira. Um absurdo! 

Últimas notícias

09/11/2018 - Nota de Falecimento

SINDSALEM lamenta a morte da colega Regina Marinho

26/10/2018 - Confraternização

Festa do Servidor 2018 será neste sábado (27/10)

26/10/2018 - Dia do Servidor Público

28 de outubro: servidor, parabéns pelo seu dia!

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

AGO/2018

Jornal Sindsalem - Ano 4 - Nº 22
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 99969-8710 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.