PAINEL / NEGOCIAÇÃO

Após forte mobilização, negociação avança

Sindsalem reivindica a reforma do PCCV, aumento no tíquete, convocação de aprovados e excedentes do último concurso.

04/05/2015
Sindsalem

Após forte mobilização dos servidores, com direito a protestos em frente à sede da Alema e na galeria do plenário, o Sindsalem, representado pelo presidente Luiz Noleto, pelos diretores Ricardo Cardoso e Ronald Franklin, bem como pelo servidor da base, Gutemberg, se reuniu, na quarta-feira (22/04), com o presidente da Casa, deputado Humberto Coutinho.

REIVINDICAÇÕES

Na reunião, o Sindicato reafirmou a necessidade da reforma do PCCV e do reajuste de, no mínimo, 25% no tíquete-alimentação, que passaria de R$ 500 para R$ 625. Além disso, os diretores reivindicaram, ainda, a convocação dos aprovados e excedentes do último concurso, assim como a reposição inflacionária de aproximadamente 9%, que é um dever legal da Alema.

RESPOSTA

Em resposta, o presidente Humberto Coutinho - mal orientado por falsos guardiões do dinheiro público – condicionou o atendimento das demandas à criação de uma comissão, com a participação do Sindicato, a fim de levantar dados atualizados sobre os servidores estáveis e efetivos. A direção do Sindsalem, mesmo contrária a esta condicionante, aceitou fazer parte da comissão.

FANTASMAS?

O Sindsalem não perdeu, entretanto, a oportunidade de solicitar ao presidente Humberto Coutinho que mande elaborar, também, outro levantamento, só que destinado àqueles servidores comissionados que adentram na folha da Casa apenas para honrar acordos políticos, enquanto os aprovados no último concurso esperam a convocação, que é deles por direito.
Na gestão passada, por exemplo, diretores, que agora orientam o presidente Humberto, nada fizeram para evitar a nomeação de pessoas cujo único “trabalho” era usar a estrutura da Alema para fins controversos. Agora, irritados com a postura vigilante do Sindicato, tentam impor barreiras contra os servidores efetivos e estáveis que, de fato e de direito, laboram nesta Casa.

AVANÇO

Para o presidente do Sindsalem, Luiz Noleto, apesar de não ter sido o resultado esperado, houve avanço na negociação. “Acreditamos que, se o presidente Humberto não se deixar levar pelos falsos moralizadores do orçamento da Alema, será possível chegar a um acordo que satisfaça ambas as partes, valorizando, sobretudo, os servidores desta Casa” – avaliou.
Por fim, o Sindicato agradece a presença dos aprovados e dos excedentes do concurso nas manifestações, assim como o apoio dos deputados Fernando Furtado (PCdoB), Cabo Campos (PP), Wellington do Curso (PPS) e Zé Inácio (PT) na luta da categoria.

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

MAI/2017

Jornal Sindsalem - Ano 3 - Nº 21
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 99969-8710 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.