PLANTÃO / GREVE NA ALEMA

Confira o artigo da diretoria do Sindsalem, 'Primavera Árabe'

16/10/2015
Sindsalem

A “Primavera Árabe” foi o nome dado à onda de protestos populares ocorrida em 2011 contra governos do mundo árabe. A raiz daqueles protestos estava no agravamento da crise econômica, na falta de democracia e no alto índice de corrupção praticado por tais governos.

A população daqueles países cansou de ver a sua condição de vida piorar, enquanto políticos e seus protegidos se deleitavam e esbanjavam dinheiro público a custa do suor do povo. No Brasil, em 2013, várias mobilizações sacudiram o país como as da “Primavera Árabe” e pelos mesmos motivos.

Os parlamentos brasileiros e, em particular, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão - ALEMA está precisando de uma dose CAVALAR de “Primavera Árabe”.

Notícias veiculadas recentemente em programas de televisão denunciaram o desvio abissal de dinheiro público nos parlamentos brasileiros mascarado na forma de contratação de servidores fantasmas.

Essa prática tão comum que envergonha os cidadãos honestos deste país, para a maioria dos deputados, especialmente para os que têm dirigido a ALEMA nos últimos anos e na atual gestão, é justificada com a seguinte frase: “aqui é uma casa política e não se muda isso da noite para o dia”.

Assim, essa prática nociva tem se perpetuado e se transformado em um axioma político vergonhoso na Casa do Povo. Em outras palavras, na ALEMA, os desvios de dinheiro público também se materializam na contratação de servidores fantasmas a serviço de interesses de muitos deputados.

Consegue, inclusive, desafiar leis da física, na medida em que servidores da cidade de Caxias, localizada a mais de 600 km da sede do Rangedor, exercem dupla jornada de trabalho, já que estão na folha de pagamento daquela cidade e ao mesmo tempo na folha da ALEMA.
Diante do exposto, nós - servidores efetivos - precisamos ter, pelo menos, surtos de Primavera Árabe, no sentido de nos mobilizarmos para fazer valer nossos direitos e, sobretudo, para derrotar esse axioma político vergonhoso e ilegal existente na Assembleia Legislativa do Maranhão. Vamos à luta!

INFORME DE GREVE

Atenção! O Sindsalem ratifica que a greve começará na próxima segunda-feira, dia 19 de outubro. 

Dessa forma. os servidores que cumprem expediente pela manhã devem comparecer à Sede do Sindicato apenas para assinar a folha de frequência.

À tarde, a partir das 15h30, haverá a concentração da greve na recepção da Alema, em frente ao Banco do Brasil.
Servidor: fortaleça o nosso movimento. Sua presença é de fundamental importância!

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

MAI/2017

Jornal Sindsalem - Ano 3 - Nº 21
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 99969-8710 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.