PAINEL / RETROSPECTIVA

2015: ano de greve, de lutas e conquistas

2015 foi um ano de conquistas, mas 2016 promete ser melhor. Sindsalem lutará para que a reforma do PCCV entre em vigor.

24/11/2015
Sindsalem

O ano de 2015 foi um ano histórico e, sobretudo, de lutas e conquistas para os servidores do legislativo estadual. Logo em janeiro, o Sindsalem desmascarou a Mesa Diretora anterior e mostrou que a Alema tem saúde orçamentária mais do que suficiente para reformar o PCCV.

CASA DE FERREIRRO...
Em matéria intitulada “Casa de ferreito, espeto de pau”, o Sindicato denunciou que a Casa do Povo alegava “não ter dinheiro” para atender à categoria, mas - enquanto isso - reajustou os subsídios dos deputados em 26,45%, elevando em milhões os gastos com os parlamentares.

DIPLOMA SINDICAL
Ainda em janeiro, o Sindicato continuou na luta política para se fortalecer como entidade representativa dos servidores no Estado e no país, conquistando a Carta Sindical junto ao Ministério do Trabalho e Emprego e filiando-se à Fenaleg, nova federação nacional da categoria.

LUTA PELO PCCV
Em fevereiro, além de divulgar a prestação de contas da entidade, o Sindsalem começou a negociar a reforma do PCCV com a nova Mesa Diretora, denunciando conspirações de diretores antigos e solicitando a mudança dos representantes da Casa nas tratativas com os servidores.

MANIFESTAÇÕES
Em março, apesar do começo animador, a nova Mesa Diretora deu sinais deque adotaria a mesma postura intransigente da anterior, o que levou os servidores a promoverem as primeiras manifestações na galeria e na frente da Casa. Resultado: uma nova Comissão Paritária foi criada.

RESTITUIÇÃO
Em abril, o Sindicato restituiu o imposto sindical e intensificou a luta pela nomeação dos aprovados no concurso de 2013, denunciando que, dos 2.022 servidores da Casa do Povo, só 20% são de carreira, menos de 5% são concursados e mais de 78% são comissionados.

AVANÇOS
Em maio, a categoria decidiu entrar em mobilização permanente, pressionando a Mesa Diretora a firmar, em junho, um acordo que atendeu parcialmente aos anseios da categoria, como: reajuste de 10,34%, tíquete de R$625 e implantação do novo PCCV a partir de jan/2016.

RETROCESSOS
Os meses de julho, agosto e setembro foram marcados pela expectativa da categoria, que aguardava ansiosa pela apresentação do projeto de reforma do PCCV no dia 05 de outubro. No entanto, a Mesa Diretora da Alema deu para trás e decidiu não honrar o acordo firmado.

GREVE HISTÓRICA
Era hora de radicalizar. Pela valorização, pelo reconhecimento, pelo PCCV. Por isso, no dia 19 de outubro, a categoria deflagrou a 1ª greve geral da Alema. Ao todo, foram 10 dias de protestos e denúncias, como a da existência de dezenas de funcionários FANTASMAS, na Casa do Povo.

ACORDO SATISFATÓRIO
A greve forte arrancou uma proposta satisfatória que, se honrada pela Mesa Diretora, assegurará a reforma do PCCV no prazo de 120 dias, plano de saúde para aposentados pelo prazo de 01 (um ano), nomeação dos 17 excedentes do concurso, dentre outros avanços. No dia 28/10, a categoria decidiu, em assembleia geral, encerrar o movimento.

CONGRESSO E FESTA
No fim de outubro, o Sindsalem promoveu, ainda, o VII Consalem. Na ocasião, os servidores deliberaram pelo combate implacável ao assédio moral, na Alema. A Festa do Servidor fechou com chave de ouro as atividades da categoria, com direito a sorteio de brindes e premiação para o time campeão do Torneio de Futebol promovido pelo Sindicato.

COMPROMISSO?
No dia 05 de novembro, a direção da Alema publicou no Diário Oficial o acordo firmado com o Sindsalem. A expectativa é que, desta vez, a Mesa Diretora cumpra a sua palavra e a reforma do PCCV saia do papel, valorizando os servidores que, de fato, trabalham na Casa do Povo.

LUTA CONTINUA
Como pôde ser visto, 2015 foi um ano de conquistas, mas 2016 promete ser ainda melhor. Apesar do acordo firmado, o Sindsalem afirma que não descansará até que a reforma do PCCV seja consolidada e garantida a todos os servidores estáveis e efetivos do legislativo estadual. Com autonomia, democracia e luta, nós – servidores – buscaremos a vitória!

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

MAI/2017

Jornal Sindsalem - Ano 3 - Nº 21
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 99969-8710 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.