PAINEL / ATO CONJUNTO

Ato conjunto por reposição salarial e contra o PLP 257

Diversas entidades sindicais participaram de ato conjunto nesta terça-feira (02/08), na Alema.

02/08/2016
Sindsalem

Em ato conjunto realizado nesta terça-feira (02/08), em frente à Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), no Calhau, o Sindsalem e outros sindicatos de servidores públicos cobraram do Legislativo, do Judiciário e do Poder Executivo Estadual o pagamento da reposição salarial de 10,67% correspondente às perdas inflacionárias acumuladas pela categoria em 2015.

Essa foi a segunda manifestação unificada dos servidores públicos maranhenses com esse objetivo. A primeira ocorreu no último dia 28/07, em frente ao Tribunal de Justiça, na Praça Pedro II, Centro de São Luís.

DIGA NÃO AO PLP 257/2016

Durante o ato de hoje, os servidores protestaram, também, contra o Projeto de Lei Complementar 257/2016, que deve ser votado a qualquer momento na Câmara dos Deputados. Entre outras medidas, o PLP 257 prevê o congelamento dos salários da categoria, plano de desligamento voluntário em troca de benefícios, suspensão de concursos públicos e, em último caso, até a demissão de servidores concursados.

“Sob o pretexto de prorrogar o prazo para pagamento de dívidas dos Estados e do Distrito Federal com a União, o Governo Federal apresentou esse projeto, que corta direitos do funcionalismo e precariza os serviços públicos ofertados à população, como saúde, educação, entre outros. Por isso, estamos mobilizados: para sensibilizar a bancada maranhense no Congresso Nacional a votar contra esse retrocesso chamado PLP 257” – explicou o presidente do Sindsalem, Luiz Noleto.

APOIO AO SINDSALEM

No fim da manifestação, as entidades sindicais protocolaram, ainda, um manifesto endereçado à Direção da Assembleia Legislativa do Maranhão. No documento, sindicatos, centrais e confederações cobram da Alema respeito à atuação legal do Sindsalem; pedem a retomada imediata das negociações coletivas entre a Casa e a entidade sindical, bem como reiteram solidariedade ao Sindsalem, como único representante legítimo dos servidores da Assembleia.

Além do Sindsalem, participaram da manifestação representantes dos sindicatos da Fiscalização Agropecuária (SINFA-MA); da Fundação da Criança e do Adolescente (SINDISFUNAC-MA); do Tribunal de Justiça (SINDJUS-MA); do Detran (SINDET-MA); do Sistema Penitenciário (SINDSPEM); dos Policiais Civis (SINPOL-MA); dos Técnicos Agrícolas (SINTAG-MA); da Polícia Técnico-Científica (APOTEC); dos Procuradores do Estado (ASPEM); da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) e da CSP-Conlutas – Central Sindical e Popular.

NEGOCIAÇÃO

Na próxima terça-feira (09/08), às 18h, no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino receberá dois representantes de cada entidade sindical para negociar o pagamento das perdas inflacionárias.

No sábado (13/08), a categoria volta a se reunir, em plenária unificada, na sede do Sindicato dos Bancários, na Rua do Sol, Centro. O objetivo é avaliar os encaminhamentos da audiência com o governador e deliberar sobre uma possível greve geral dos servidores públicos do Maranhão. 

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

MAI/2017

Jornal Sindsalem - Ano 3 - Nº 21
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 99969-8710 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.