PAINEL / EDITORIAL

Vamos todos à luta pela Reforma do PCCV em 2020!

Esse é o compromisso do SINDSALEM, que segue firme na luta por novas conquistas para os servidores da ALEMA!

05/02/2020
Sindsalem

O ano de 2019 foi marcado por derrotas para os trabalhadores e para os servidores públicos de todo o Brasil. O Governo Bolsonaro, com o apoio da maioria do Congresso Nacional, não poupou esforços para atacar direitos históricos de todas as categorias.

Exemplo disso foi a Reforma da Previdência, que praticamente acabou com o sonho dos brasileiros de envelhecerem com uma aposentadoria digna.

Na economia, além de ampliar a retirada de direitos, o presidente Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes pouco fizeram para diminuir o desemprego, que já é uma das maiores chagas sociais do Brasil desde os últimos governos.

Para se ter ideia, o ano fechou com mais de 12,5 milhões de desempregados. Além disso, 4,6 milhões de pessoas estão no desalento, pois desistiram de procurar trabalho.

Por sua vez, no campo das liberdades democráticas, percebe-se uma escalada autoritária no país, com ataques à imprensa, além de censura a filmes, revistas e jornais, sendo que todos esses ataques devem piorar em 2020.

NO MARANHÃO

No Maranhão, a situação não foi diferente em 2019, com uma série de ofensivas aos direitos dos trabalhadores e do funcionalismo público.

O governador Flávio Dino, na esteira da Reforma Nacional, também realizou uma minirreforma na Previdência no Estado, aumentando o valor das alíquotas de contribuição previdenciária de 11 até 22% (ver tabela no jornal impresso), medida esta que penalizou severamente a maioria dos servidores maranhenses.

Vale ressaltar que o aumento da contribuição previdenciária prejudicou, ainda, os ganhos conquistados pelos funcionários da ALEMA na última Campanha Salarial, reduzindo os vencimentos e o poder de compra da categoria.

Para o SINDSALEM, o que chama atenção é que a minirreforma do Governo Dino, assim como a atualização dos planos de cargos de outras categorias, foi aprovada numa rapidez estratosférica pelos deputados da ALEMA.

Enquanto isso, a Reforma do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos servidores estáveis e efetivos da Casa segue a passos lentos.

Diante dessa conjuntura adversa, os servidores da ALEMA devem investir no diálogo, porém, sem abrir mão da mobilização e da luta, a fim de impedir a ampliação da Reforma da Previdência Estadual; derrubar a lei, de autoria da Mesa Diretora, que dificultou a concessão dos adicionais de qualificação da categoria e, sobretudo, conquistar a Reforma do PCCV ainda este ano.

Esse é o compromisso da Diretoria do SINDSALEM, que segue firme na luta por nenhum direito a menos e por novas conquistas para os servidores do legislativo estadual! 

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

JAN/FEV 2020

Jornal Sindsalem - Ano 6 - Nº 25
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 98260-0012 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.