PAINEL / AGOSTO LILÁS

Sindsalem na luta pelo fim da violência contra a mulher

Agosto Lilás visa conscientizar a sociedade e combater a violência contra as mulheres.

09/08/2020
Sindsalem

O SINDSALEM aderiu à Campanha Agosto Lilás, uma iniciativa nacional que visa conscientizar a sociedade pelo fim da violência contra a mulher.

Apesar dos avanços advindos com a Lei Maria da Penha, que completa 14 anos em 2020, muitas mulheres ainda são vítimas de agressões físicas, psicológicas, morais, sexuais e patrimoniais no âmbito doméstico e familiar.

No Maranhão, esse quadro é ainda mais preocupante. Para se ter ideia, entre março e abril deste ano, em meio à pandemia, o Estado ocupou o segundo lugar no ranking de feminicídios no Nordeste.

Para mudar esse quadro e salvar vidas, é preciso denunciar os casos de violência às autoridades, buscar ajuda de vizinhos, amigos e familiares.

Porém, é necessário, também, conscientizar os homens, dando, sobretudo, vez e voz às mulheres. Nesse sentido, o SINDSALEM promoveu no dia 28 de julho uma live no Facebook sobre os impactos da pandemia na vida da mulher, abordando, dentre outros temas, a violência doméstica e familiar, com a advogada Regina Sanches e a assistente social Denise Albuquerque.

“Historicamente, o Sindicato tem uma trajetória de lutas em defesa dos direitos das mulheres. Na Diretoria, inclusive, somos maioria. Dentre as nossas bandeiras de luta, está a valorização, o respeito, a liberdade, a igualdade de oportunidades, a efetiva representatividade política da mulher, mas, sobretudo, o fim da violência, que ceifa vidas e impede muitas mulheres de viverem a sua plenitude como ser humano. Por isso, aderimos ao Agosto Lilás e orientamos todas a não se calarem. Em caso de violência, denuncie! ☎️ Disque 180” – afirmou a diretora do SINDSALEM, Vitória Cirino.

📢 Confira onde denunciar e dicas para se proteger: 

Canais de denúncia

Os casos de violência ou assédio, a qualquer hora do dia ou da noite, devem ser comunicados pelo telefone 190. Qualquer pessoa pode fazer a denúncia: a própria mulher, vizinhos, parentes ou quem estiver presenciando, ouvindo ou que tenha conhecimento do fato.

Para os casos não emergenciais, o Disque 180 ou o Disque 100 também recebem denúncias e oferecem orientações. Em todo o país, as casas de abrigo seguem funcionando normalmente embora, em alguns locais, estejam recebendo menos pessoas.

Em São Luís, a Casa da Mulher Brasileira segue funcionando 24 horas, mas com parte das funções em home-office, em virtude das medidas preventivas contra o coronavírus. No entanto, os número para denúncia seguem ativos e são:

9 8892-1222
9 8855-7705
9 8427-9730
9 8443-6925
9 8278-3647
E-mail: 2varamulher@tjma.jus.br

Dicas para se proteger discretamente

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) disponibilizou algumas dicas para mulheres que enfrentam situações de agressão em casa. Para se proteger você pode:

- Deixar uma chave reserva da casa em um lugar de fácil acesso para a mulher, sem o conhecimento do agressor. Isso pode permitir sair, caso precise;

- Avisar vizinhos e pessoas próximas sobre o risco de agressão também é uma iniciativa importante;

- Estabeleça um sinal ou palavra que possam ser usados para avisar que está em risco. Assim, outra pessoa pode acionar a polícia se houver agressão;

- Para as pessoas que estão próximas de mulheres em risco, a orientação é manter contatos frequentes com ela, mesmo por meios virtuais;

- Evite críticas e julgamentos que podem constranger a vítima e evitar que ela denuncie;

- Se acolher em casa uma mulher em risco, não divulgue essa informação para não expor a vítima e outras pessoas;

- Oriente e informe sobre os serviços disponíveis, sobre como fazer boletim de ocorrência e pedir medida protetiva à Justiça;

- Se a cidade contar com uma casa abrigo ou casa de passagem, pode ser uma opção para esse período.

*** Postado originalmente no dia 07/08/2020

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

JAN/FEV 2020

Jornal Sindsalem - Ano 6 - Nº 25
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 98260-0012 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.