PAINEL / DIA DO SERVIDOR

28 de outubro: dia de luta contra a PEC 32/2020

SINDSALEM parabeniza servidores e se junta a outras entidades na luta contra a destruição dos serviços públicos.

28/10/2021
Sindsalem

Em 28 de outubro é comemorado o Dia do Servidor Público. Mais uma vez, esse dia deve ser de reflexão e de muita luta contra os ataques dos governos e dos patrões. Afinal, 2021 também tem sido um ano de muitos desafios para a categoria e para a população brasileira em geral.

Além da pandemia do coronavírus, que ceifou a vida de muitos colegas servidores, o presidente Jair Bolsonaro continuam a atacar as empresas públicas, com privatizações, e, sobretudo, o funcionalismo, que é considerado pelo atual Governo como um inimigo a ser destruído.

O golpe de misericórdia de Bolsonaro e do Congresso Nacional é a famigerada PEC 32/2020, conhecida como Reforma Administrativa, que – se aprovada – ameaçará carreiras, salários, concursos, estabilidade e benefícios dos novos servidores e até dos atuais.

O Governo tenta emplacar a narrativa de que o Brasil tem “servidores demais”; de que “a categoria seria privilegiada” e responsável pelo crescimento dos gastos públicos, quando os verdadeiros privilegiados do Estado, como os políticos e os magistrados, não serão atingidos pela Reforma.

De fato, essa PEC 32/2020 só visa precarizar o serviço público, retirar direitos dos servidores, privilegiar os apadrinhados, facilitar a corrupção, instaurar o Estado Mínimo e deixar milhares de brasileiros sem acesso aos serviços básicos, como saúde e educação.

Porém, não é só o Governo Federal que tem atuado para ceifar garantias dos servidores públicos. O Governo Dino, além de aplicar a Reforma da Previdência no Estado, não concede aumento há anos e luta, na Justiça, para derrubar direitos, a fim de esvaziar, ainda mais, o bolso do servidor.

No mesmo sentido, a ALEMA dificulta o pagamento do abono permanência e dos adicionais de qualificação aos seus funcionários, luta para não realizar o novo concurso da Casa e se recusa a aprovar o novo Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) reivindicado pela categoria.

Mesmo diante de todos esses ataques, o SINDSALEM continua firme na luta em defesa dos seus associados. “Distribuímos cestas natalianas; cobramos da ALEMA respeito aos protocolos sanitários; defendemos os servidores do grupo de risco; cobramos a realização do concurso; avançamos na implantação do programa de aposentadoria incentivada; auxiliamos os associados a resolverem os problemas com os empréstimos consignados; esclarecemos à categoria, por meio de publicações e lives, sobre a importância de derrubarmos a PEC 32; solicitamos, ainda, medidas por parte da Assembleia em prol da saúde dos nossos associados, reivindicando, também, o pagamento dos AQs e do abono permanência” – afirmou o presidente Nataniel Serejo.

Com o intuito de manter a categoria atualizada, o Sindicato realizará, ainda, o XII Congresso dos Servidores da ALEMA. O objetivo é criar uma frente de luta unificada para pressionar os parlamentares a barrarem essa onda de ataques que visam destruir o serviço público no país.

“Vamos deixar claro aos parlamentares: quem votar a favor da PEC 32 será lembrado nas próximas eleições e não voltará ao Congresso Nacional. Diga não à Reforma Administrativa, que só trará prejuízos para os brasileiros. Parabéns, servidor (a). A luta continua!” – finalizou Nataniel. 

Últimas notícias

Veja todasveja todas

Pesquisa

SERVIDOR

Sindicalize-seConvênios

PUBLICAÇÕES

JORNAL SINDSALEM

NOV/DEZ 2021

Jornal Sindsalem - Ano 7 - Nº 26
SINDSALEM

Sindsalem @ . Todos os direitos reservados.
Av. Luís Eduardo Magalhães, 500, Loja 16, Centro Comercial Pátio Calhau.
São Luís–MA • CEP 65071-750 • Fone: (98) 98260-0012 • E-mail: sindsalemma@gmail.com.